30 de novembro de 2011

Festa diferente: Festa verde – o planeta agradece


O bom de planejar uma festa de aniversário de criança é que cada um pode escolher o que lhe agrada mais: um pode fazer numa casa de festa, outro encomenda tudo e faz no salão, para outra pessoa uma festa feita totalmente caseira é mais conveniente.

Para nós, os valores ecológicos são muito importantes. Por isso já comecei a pesquisar ideias e sites sobre festa ecológica. Compartilho aqui alguns “achados” e agradeço qualquer nova ideia ou sugestão!

Local: um parquinho ou quintal de casa, enfim, ao ar livre. Em Brasília dá para fazer festa até no Parque da Cidade desde que devidamente autorizada pela Administração.

Convite: eletrônico para poupar papel e, consequentemente, árvores. As pessoas que não têm acesso a internet podem ser convidados por telefone.

Animação: oficinas de reciclagem, plantação de mudas, momento “vamos abraçar um árvore” junto com uma historinha do tema. A criançada adora!


Louça: alugar a louça ou utilizar copos e pratos descartáveis ecológicos. Pode-se usar também canequinhas reutizáveis que cada um pode levar para casa depois da festa.

Comida: salgadinhos integrais assados, sanduiches naturais, pães integrais, palitinhos de legumes, potinhos de frutas (por exemplo morango ou uva com chocolate), sucos e água. Uma boa ideia é montar uma mesa de frutas com melancia, cachos de banana, maçãs, peras, etc. Além do planeta, a saúde agradece!


Lembrancinhas: algumas ideias, entre outros, Ecobag infantil ou um vaso e sementes ou uma muda.


Lixo: monte lixeiras específicas para lixo reciclável. Mesmo se usar copos descartáveis, pelo menos procure reciclá-los.

Obs. os links mencionados são apenas para referência. Não nos responsabilizamos por eventuais problemas e não recomendamos especificamente estes fornecedores.

Raisa, mãe da Liina.

Festa diferente: Festa de aniversário montessoriana


“Nosso cuidado com as crianças e jovens deve ser regido não pelo desejo de ‘fazer-lhes aprender coisas’, mas pelo esforço em manter acesa dentro deles a luz que se chama inteligência.”
Maria Montessori


Maria Montessori (1870-1952), médica italiana, é conhecida pela sua pedagogia, que tem como foco o aspecto lúdico da aprendizagem e a liberdade da criança em desenvolver seu intelecto.

Nas escolas que seguem a pedagogia montessoriana, as festas de aniversário são comemoradas de maneira diferente. No dia do aniversário, são lembrados os eventos mais importantes de cada ano de vida da criança.

No dia do aniversário, uma vela acesa que representa o sol, é colocada no meio de um círculo. À sua volta, tem placas com o nome dos 12 meses. O aniversariante tem nas suas mãos um globo terreste. Com o globo nas mãos, ela começa a caminhar em torno do sol a partir do mês do seu nascimento. Ao completar cada volta, o(a) professor(a) conta os fatos que marcaram aquele ano de sua vida. Fotos e relatos podem ser organizados em um mural.

Dá para fazer em casa?

O círculo da vida, com os 12 meses, é algo que dá para organizar facilmente em casa, pelo menos numa festa menor. Porém, recomendamos que seja feita para crianças um pouco maiores.


Para os bebezinhos, como os nossos que na maioria tem entre 1 e 2 anos, dá para fazer o mural com fotos e historinhas contando os eventos que marcaram os primeiros meses ou anos da vida.

Leia mais sobre pedagogia montessoriana aqui e aqui.

Blogs com posts sobre pedagogia montessoriana:

Quarto da criança seguindo o jeito montessoriano:


Raisa, mãe da Liina.

29 de novembro de 2011

Dicas e Relatos BMB: Vale colocar a mão na massa!!


Meu 1º aninho tão esperado, tão desejado, mais passou depressa e a mamãe ficou apertada pra fazer aquela festa dos sonhos, e agora? Sem festa minha princesa não pode ficar e o que fazer? O que der pra contratar a gente contrata e resto à gente manda ver pondo a mão na massa, com muita dedicação, com muito amor e com fé de que tudo vai dar certo, tudo pra ela, tudo por ela, pra comemorar o dia mais especial da “minha vida” o dia em que a conheci, meu amor, minha vida, minha filha, Rafaela!

O pessoal adorou, a festa foi toda rosa e marrom!


A mesa de guloseimas eu que montei e decorei e as flores de jujuba eu que fiz. Os doces foram carinhosamente feitos por uma super amiga, que também ajudou na decoração.



As flores das mesas também, feitas de E.V.A. e recheadas com balinhas de leite. Uma linda delícia!


Guardei potinhos de papinha, enchi de confete e finalizei com tecido e laço. O rótulo foi personalizado por mim também!



.Samya Caroline, mãe da Rafaela e colaboradora do BMB.

Dicas e Relatos BMB: Festa em casa, com serviços terceirizados.


Olá queridos leitores!

Tem um tempinho que não escrevo nada por aqui... Hoje resolvi contar o quanto fiquei feliz com o tema escolhido pra festinha de 2 anos da Aninha e Maria. Elas amam de paixão a galinha pintadinha! Não podem ver nada que apontam pra Cocó! Como elas gostam achei que seria ideal que o tema da festa fosse da Cocó.... com o tema escolhido fomos a organização!!! Apesar de adorar festas em Buffet fiz as duas festinhas delas contratando fornecedores separadamente e não em arrependi ainda.

Mesmo sendo um tema tão atual entre a criançada encontrei dificuldades em encontrar coisas da Galinha, mas mesmo assim achei mimos e uma mesa lindíssima da Galinha, mas não estava dentro do nosso orçamento, então resolvi adaptar ao meu orçamento. Rodei, rodei até encontrar do jeito que eu queria. Tentei pensar nos detalhes que faríam a diferença... Comida gostosa, espaço para as crianças se divertirem e muita alegria

Primeiro costumo decidir o quanto queremos gastar e onde vou fazer pra então fazer a lista de convidados. Como esse ano resolvemos fazer em casa mesmo, no nosso novo quintal (depois em outro post conto pra vocês como foi mudar de um apartamento pequeno pra uma casa com espaço para as meninas) minha lista tinha que ser bem enxuta. Só chamei amigos próximos com crianças mais ou menos da mesma faixa etária das meninas e os tios, avós e padrinhos.

Eu queria uma mesa nesse estilo mais clean que estão usando hoje, mas acabei achando uma mescla da tradicional com a clean... pelo menos eu achei!!! Bem colorida como criança gosta!

Para o centro de mesa, sabendo do grande talento que tem a nossa BMB Lidiane (CMK - arte em E.V.A.), achei uma foto de uma galinha em EVA em 3D e mandei um e-mail pra ela perguntando se ela conseguiria fazer. Resultado: Ficou a coisa mais linda! Fez o maior sucesso entre a criançada e os papais e mamães!

A comida... sempre que faço me preocupo porque ninguém merece ir pra festa de criança e comer aqueles salgados que parecem amanhecidos. Procuro escolher um cardápio mais variado possível entre assados e fritos e os fritos. Encomendo da Dona Antônia (boleira, salgadeira, cozinheira de mão cheia). Ah, os salgados fritos OBRIGATORIAMENTE tem que ser fritos na hora!!!! E fica uma delícia! 

Os brinquedos e decoração com balão contratei e são bons de serviço viu! Chegaram cedo em minha casa, arrumaram tudo e 1h e 30min antes da festa estava tudo pronto só esperando os convidados chegarem.

O bolo  e o mousse colorido foi a vovó que fez (Boleira de mão cheia também) e ficou divino... ummm!!! Os 500 docinhos foram todos eu que fiz (aproveitei a dica que achei na internet e fiz umas tags para colocar nos docinhos). O papai fez o molho do cachorro quente e a gelatinha...rsrsrs (Lá em casa o papai curte demais participar dessa organização).

Para lembrancinha das crianças fui rodar no Taguacenter a procura de algo legal, já que não gosto de dar sacolinhas de guloseimas, e achei um violão e um pandeiro. Pronto tá ótimo o kit musical da Aninha e Maria...rsrsrsrs Bolamos um adesivo pro violão e pandeiro pra ficar personalizado e fez o maior sucesso entre a criançada!

A minha experiência de fazer uma festa em casa foi ótima... tem outra cara, mas tivemos alguns contratempos como a chuva que resolveu cair as 16hs, horário marcado pra festa e mesmo com uma tenda que alugamos não foi suficiente para comportar a quantidade de pessoas. O lugar que tínhamos preparado pra fritar o salgado na área de serviço, mas não pode ser feito porque choveu e é aberto. Fora isso foi maravilhosa a comemoração dos 2 aninhos das minhas filhas.

Quem puder fazer uma festa em casa faça, mas em épocas que temos a certeza que não choverá!!! Acho que ano que vem vou comemorar inicio de setembro!

Beijos e fiquem com alguns dos registros feitos por Marco Aurélio da Life Fotografia.

Mayara, mãe de Ana Clara e Maria Rita. 






 

28 de novembro de 2011

Dicas e Relatos BMB: Hoje vai ter uma festa...

Todos os dias seriam iguais se não fossem as datas. São apenas marcações convencionadas, de acordo com critérios que levam em conta o percurso da Terra em seu próprio eixo e em torno do Sol. Mas, felizmente, as coisas têm o valor que atribuímos a elas.

Então, em algumas datas o coração acorda aos pulos, como se o ar estivesse mais leve, o sol brilhasse mais forte, ou a chuva caprichasse naquele cheirinho bom. Nesses dias, melhor deixar a alma em estado de Graça. Agradecer pelo ano que passou e sonhar com o que ainda virá. Estar presente a cada gesto de carinho, dado ou recebido. Reverenciar o dom da vida, expressar amor. Isso, pra mim, é aniversário. De pessoas queridas, ou o nosso próprio, esse dia, é sim, especial – e não imune a alguma saudade.

Não é a beleza da festa, o tamanho do bolo, o capricho com os detalhes ou o valor dos presentes, que vai dar o tom da comemoração. O que vale é a intenção. Seja uma festinha para os de casa, um mega evento, um passeio especial, ou uma enxurrada de beijos e abraços, o que dá sentido ao dia é a quantidade de amor que colocamos em cada gesto.

Ano passado, vários meses antes de a Mariana completar um aninho de vida, comecei a planejar seu aniversário. Abracei o projeto com alegria, me deixando levar pela grande novidade – dado o potencial de renovação e atualização – de organizar uma festa com a ajuda da internet. São tantas idéias, dicas, tutoriais, facilidades, que fica difícil manter o foco. E conter os gastos. É fácil dar asas à imaginação – e ao dinheiro também! Se não formos firmes, ele voa rapidinho!

Fiz algumas coisas à mão, comprei vários itens em casas de festas, internet, contratei buffet. Cuidei de cada detalhe, inventei, copiei, pechinchei e, claro, exagerei também. A festa aconteceria em Teresina, onde mora nossa família, e uma semana antes, voamos para lá, com todos os apetrechos e bugigangas que se pode imaginar! 

Mas valeu à pena, simplesmente porque curtimos muito. A festinha foi linda, e nos entregamos às brincadeiras, músicas, doces, brinquedos e, claro, ao carinho dos nossos convidados.
Deixo vocês com algumas fotos desse dia tão especial!

Gleyciane, mãe da Mariana









Créditos:
- buffet Chapeuzinho Vermelho, Teresina - PI
- ursinhas da Limarrian Camargo
- personalização da Belbeca Festas
- forminhas: lojas Parabéns e Personal Dreams

27 de novembro de 2011

O melhores brinquedos.

Estamos fechando a primeira semana do Especial Festas de Aniversário, falando de algo que é quase uma consequência de todas as festas: presente.

E quando pensamos em presentes de aniversário para crianças geralmente pensamos em brinquedos. Ainda que essa não seja nossa primeira ou a última opção, em algum momento passa pela nossa cabeça. Então, como é inevitável (rsss), selecionamos dois artigos que falam de brinquedos, para inspirar vocês nas suas escolhas.

No primeiro, vocês verão brinquedos recomendados para seus pequenos. No segundo, poderão relembrar a infância numa lista de brinquedos produzidos da década de 1920 para cá.


Revista Crescer - os 75 melhores brinquedos de 2011

A Revista Crescer lançou um infográfico super bonitinho, onde você acessar a lista dos 75 Melhores Brinquedos de 2011, divididos em faixa etárias (0 a 1, 1 a 2, 2 a 3, 3 a 6 e maior que 6 anos). Clique na imagem abaixo e acesse.



Times - All-TIME 100 grestest toys

A Revista TIMES listou os 100 Melhores Brinquedos da História (tááááá...... para os americanos, mas alguns vocês irão reconhecer), e promoveu uma deliciosa viagem no tempo. Os brinquedos estão separados por décadas (começa nos anos20). Clique aqui para ver a seleção completa. E veja abaixo alguns dos brinquedos que divertiram a infância de várias gerações!


Anos 20 - ioio

Anos 30 - soldadinho

Anos 40 - lego


Anos 50 - mr. potato head

Anos 60 - playmobil

Anos 70 - genius (BR)

Anos 80 - koosh ball

Anos 90 - Buzz


Ah!!!! E já que estamos falando em presentes, não deixe de votar na segunda enquete do Especial Festas: que tipo de presente você prefere para seu filho???

Abraços,

Adriana, mãe da Diana.



26 de novembro de 2011

Faltam regras de fiscalização para garantir a segurança dos bufês infantis

Artigo publicado no Correio Braziliense, em 04 de setembro de 2011. Por Ariadne Sakkis. (clique aqui para ler o artigo original)


Daniela costuma levar o filho de cinco anos a comemorações em casas de festas e observa a falta de capacitação dos funcionários de alguns estabelecimentos (Antonio Cunha/Esp. CB/D.A Press)
Daniela costuma levar o filho de cinco anos a comemorações em casas de festas e observa a falta de capacitação dos funcionários de alguns estabelecimentos

Com estruturas de entretenimento cada vez mais modernas, que mais parecem com as de parques de diversão, os bufês infantis do DF não passam por qualquer tipo de fiscalização no que diz respeito à segurança dos brinquedos. Para emitir o alvará de funcionamento, o Corpo de Bombeiros faz apenas uma inspeção geral no estabelecimento. Fora isso, só volta ao local em caso de denúncia ou se o segmento comercial estiver incluído no plano anual de fiscalização. Neste ano, por exemplo, visitas da corporação a casas de festas infantis não estão previstas. A Agência de Fiscalização (Agefis) monitora apenas o porte de licença de funcionamento, enquanto a Defesa Civil inspeciona estruturas de maior porte, como parques de diversão fixos ou itinerantes. Com isso, depende exclusivamente dos empresários estar em dia com a manutenção dos equipamentos.

Ao contrário da cidade de São Paulo, onde uma advogada morreu após sofrer um acidente em um bufê no último dia 17, não há registros de ocorrências graves no DF. Depois da tragédia em uma casa de festas no distrito do Tatuapé, a prefeitura da capital paulista passou a cobrar dos estabelecimentos a documentação que já  é exigida no DF. Agora, o empresário precisa apresentar os documentos dos brinquedos e o laudo de manutenção assinado por um engenheiro ou técnico registrado no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura. Segundo o major Pablo Alcides, chefe do departamento de Vistorias do Corpo de Bombeiros do DF, as casas de festas infantis passam por vistoria antes de iniciar as atividades, já que a comprovação da segurança das instalações é indispensável para a liberação da licença de funcionamento, concedida pelas administrações regionais.

Patrícia diz que os pais não costumam questionar a segurança
As visitas, no entanto, não são periódicas. “Antigamente, todos tinham apenas o alvará precário, com validade de um ano. Para renovar, era preciso nova vistoria dos bombeiros”, explica Alcides. Hoje, a licença de funcionamento não tem prazo de validade. Parte da dificuldade em apertar a fiscalização nos bufês se dá pela ausência de legislação federal ou distrital que trate do assunto. Em meados do primeiro semestre, um grupo de trabalho integrado por bombeiros, representantes da Defesa Civil e do Conselho Regional de Engenharia foi constituído a fim de estabelecer normas específicas para garantir a segurança em brinquedos que oferecem risco — tanto em parques de diversão quanto em bufês infantis.

O major Rogério Dutra, engenheiro da Defesa Civil, coordena a ação. Para ele, as leis não acompanharam a evolução do mercado das festas. “Não existe nenhuma lei, nem no Brasil nem no DF, que distribua competências ou determine padrões de fiscalização. Os bufês infantis são um segmento novo e a legislação não seguiu esse ritmo”, comenta. Até o fim de setembro, uma audiência pública deve discutir as ideias levantadas pelo grupo. A partir daí, poderão ser criadas normas para regular o setor.

As regras devem estar em consonância com as Normas Brasileiras para Parques de Diversões, publicação lançada em março pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e a Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil (Adibra). O material determina, principalmente, quesitos de segurança a serem adotados na vistoria de brinquedos mecânicos e eletrônicos que ofereçam risco.

Apesar de não haver, nos bufês de Brasília, registro de acidentes fatais, não é razão para a administradora Daniela Estevam de Maria, 32 anos, ficar despreocupada quando leva o filho Pablo, 5, a festinhas. “A coisa que mais presto atenção é nos monitores responsáveis por operar os brinquedos. Em Brasília, a maioria não é qualificada. Já vi monitor falando ao celular enquanto operava o brinquedo”, conta. Apesar disso, ela reconhece a boa condição de alguns estabelecimentos. “Em algumas casas, dá para ver que a estrutura é adequada para receber as crianças. Se não for assim, não relaxo”, confessa. Daniela acha que os pais questionam pouco as empresas a respeito de segurança. Os empresários concordam. “Tem pai que nem pergunta. O preço costuma contar mais”, afirma Patrícia Farias, empresária do ramo há quase 10 anos.

25 de novembro de 2011

Serviços de festas de mamães BMB


Talvez alguns de vocês ainda não saibam, mas temos cinco mamães aqui do BMB ligadas intimamente ao assunto Festas Infantis. Elas já tinham consigo o dom, o talento, a criatividade e o empreendedorismo.

Os filhos que vieram só contribuíram para que elas se dedicassem mais e se aprimorassem no tema FESTAS. Como? Como só uma mãe pode fazer, porque bicho-mãe se reinventa e se descobre todos os dias. Algumas já trabalhavam no ramo ficaram ainda melhores após os filhotes. Outras descobriram o talento e nos deixam babando com tudo o que conseguem realizar.

Estas mamães são nosso orgulho, arrancam aplausos das demais BMBs e a cada novidade ficamos ainda mais encantadas em como elas têm se superado!

Ianne, Lidiane, Carol Braz, Lucyanna e Alessandra se aventuraram no mundo dos empreendimentos e oferecem, com excelência e qualidade, serviços e produtos variados para festas. Faça a sua festa com estas BMBs. Nós recomendamos!

Conheçam um pouco do trabalho dessas mamães, que querem fazer da sua festa....


... muito mais bonita! CMK – arte em E.V.A. – BMB Lidiane



Contatos: lbfsouza@gmail.com
twitter: @lidicmk
61-92284954


... muito mais divertida! Rafa Toy – locação de brinquedos – BMB Carol Braz

 Contatos: 61- 81111616/ 61-8117-9323


... muito mais gostosa! BrusselsBrigadeiria – chocolateria gourmet – BMBLucyanna



 Contatos: (61) 9601-6488


... muito mais personalizada! Festa de Ianne – design, gifs e personalização – BMB Ianne




 
Aproveitem e tenham ótimas festas!!!!

Mamães BMB no Jornal de Brasília


O bom de ser um grupo grande e heterogêneo é que, além de aprendermos demais umas com as outras, há mamães para todos os gostos e perfis... heheheheehe.

Semana passada uma mamãe do grupo foi procurada para indicar, para uma matéria no Jornal de Brasília, uma mãe de filho único (e que assim permanecerá) e uma mãe de várias crianças, e claaaaaaaaaaaro, que duas mamães BMB´s, aceitaram prontamente o convite de conversar com a jornalista.

A matéria, publicada na terça-feira, dia 23, que pode ser lida na íntegra aqui (1ª página) e aqui (2ª página), tem o título de Famílias estão cada vez menores no DF, e aborda o fato de que a taxa de natalidade por aqui está abaixo do recomendado.

Parabéns Andrea e Lidiane que arrasaram com seus lindões.