29 de fevereiro de 2012

A criatividade chega à mesa e estimula o apetite infantil (também!)


Na correria do dia a dia nem sempre encontramos tempo e disposição para empreender minutos preciosos na decoração dos pratos que serviremos à nossa família e, em especial, aos nossos filhos – reconheço que isso não é algo de que eu me vanglorie, por exemplo, mas é a minha realidade corrida. Hoje curiosamente recebi uma mensagem cheia de imagens que traduziu o misto do que vivo, penso e sinto – imagens que falaram por si só, diga-se de passagem. No e-mail dizia que a façanha é dos japoneses ao prepararem marmitas para suas crianças, as conhecidas "bento box".

Apreciem:






Que a gente “come com os olhos” todo mundo tá careca de saber... Que é importante ter alimentos coloridos no prato, como fontes de diferentes nutrientes também... E que caprichar na apresentação da refeição “abre” o apetite é até óbvio, né!? Mas unir tudo isso e montar pratos tão lindos e apetitosos como esses “não tem preço!”, como diria a propaganda.

E aí, que tal se doar um pouquinho mais e dar aquela dose extra de capricho no preparo dos alimentos da sua família? (não vale fazer como eu e apelar para o Giraffas, ok?!)





Carol Braz, mãe do Rafael, jornalista por profissão e adepta aos self-services da vida por pura falta de tempo e/ou criatividade (risos).


Mais:

28 de fevereiro de 2012

Livro: "O Diário da Mãe que Ora"


Minha filha era ainda bebezinha, pouco mais de quatro meses, quando ganhei de presente o livro que dá título a este post.

"O Diário da Mãe que Ora" não se trata de apenas um livro com orações curtas, mas serve também como um Diário mesmo onde pode-se fazer anotações sobre as orações que foram feitas e registrar a data. A beleza se traduz na possibilidade de reler depois de um tempo e ver como as preces foram atendidas e quão importantes são as orações das mães pelos próprios filhos e pelos amigos e colegas que convivem diariamente com eles.

As preocupações e anseios de cada mãe (como amizades e companhias, estudos, descoberta e desenvolvimento dos dons e talentos naturais da criança, teimosia, dúvidas, sustento diário, perdão, sucesso profissional) não são julgados ou desdenhados. Ao contrário, as preocupações são vistas com naturalidade pela autora da obra que também ajuda por meio das orações com alerta para armadilhas e perigos, e orienta em cada tema especifico como pode ser a prece pelo filho ou filha naquele sentido.

E não é que esta frase tão clichê é suuuuuuuuuuuuuuper verdade? "Mãe de joelhos, Filhos em pé."

Deixamos aqui a nossa dica.

Livro: "O Diário da Mãe Que Ora"
Autora: Stormie Omartian
Editora: Mundo Cristão

Maiara, a mãe que ora pela filha Nicole.

27 de fevereiro de 2012

Sorteio - www.baby.com.br


Olá queridos leitores,

Lembram que falamos aqui sobre a www.baby.com.br (aquela super loja virtual que tem ninguém menos que a Angélica, como madrinha oficial) !?

Pois bem, em parceria conosco eles vão disponibilizar para o ganhador desse sorteio um voucher no valor de R$50,00 para ser gasto em compras no site.

Super bacana, né!

Para participar é simples, basta ficar atento às regras e preecher o formulário abaixo.

Eu já fiz minha compra lá e posso atestar que é super tranquilo. O site é lindo e a variedade de produtos enorrrrrrrrrrrme. O difícil é escolher dentre tantas coisas bacanas disponíveis.

Boa sorte!

Regras de participação:

1- Seguir publicamente este blog (para isso é preciso o usuário ter conta no Gmail, Yahoo ou Twitter e clicar em "Participar deste site", localizado na coluna da direta, e seguir os passos indicados);

2 - Preencher todos os itens do formulário ao final.
- Qualquer pessoa com endereço de envio no Brasil poderá concorrer.
- As inscrições podem ser feitas até o dia 21 de março de 2012.
- O resultado será divulgado aqui no blog no dia 24 de março de 2012.
- O sorteado, para garantir o seu prêmio deverá:
1) Retornar o nosso e-mail de contato em até 2 dias úteis E
2) Deixar um comentário no post que divulgar o resultado do sorteio (obs: o não cumprimento desse resquisitos acarretará a desclassificação e realização de novo sorteio).

26 de fevereiro de 2012

Anota aí: 10 de março - dia de Slingada na Boobambu

Não deixe de se inscrever e participar, dia 10 de março, da slingada (workshop de slings) promovida pela Boobambu - Academia da Criança.

Você e seu filho nos Jogos Olímpicos de Londres 2012

Recebemos em nosso contato a nota sobre um concurso cultural do McDonald’s que vai levar cinco jovens às Olimpíadas de Londres. Já pensou, que legal?
Olha só:

Você e seu filho nos Jogos Olímpicos de Londres 2012

Você e seu filho nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 O McDonald’s está promovendo concurso cultural “Viver o Espírito Olímpico”, que, como prêmio, levará cinco participantes, com idade entre 8 e 14 anos, cada um acompanhado de um adulto, para conferir de perto os Jogos Olímpicos de Londres. Além disso, a rede criou uma página no Facebook (McDonald’s Brasil), com curiosidades sobre o evento esportivo, para aproximar as crianças e as famílias de fatos marcantes sobre as mais variadas modalidades.

A pré-inscrição pode ser feita por meio dos pais ou responsáveis nos restaurantes da rede até o dia 13 de maio ou diretamente no site do concurso www.mcdonald’s.com.br/jogosolimpicos até 17 de maio. Para concorrer, os jovens interessados devem produzir um trabalho criativo por meio de vídeo, desenho, foto ou texto sobre o tema “Eu vou curtir os Jogos Olímpicos de um jeito único: em Londres com os atletas” e enviar para o site do concurso.

Por meio de uma votação online no site do concurso serão selecionados os 100 trabalhos mais populares, que receberão kits McDonald’s. Destes, serão apontados pelo campeão mundial de Natação e jurado do concurso cultural, Fernando Scherer, mais conhecido como Xuxa, os cinco vencedores que viajarão para Londres. Mais informações sobre a dinâmica no www.mcdonald’s.com.br/jogosolimpicos .

25 de fevereiro de 2012

Domingo é dia de teatro no Iguatemi!


No dia 26 de fevereiro a Cia. La Chirimoya traz o espetáculo “Historias de Benedito Brasileirinho da Silva”.
Para animar ainda mais o final de semana dos brasilienses, o Iguatemi Brasília propõe uma programação especial para as crianças. O shopping realiza sessões teatrais todos os domingos, às 15h, no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura. A entrada é gratuita.
Histórias de Benedito Brasileirinho da Silva
O protagonista é Benedito, um herói, que junto com sua companheira Margarida e o Burrinho Piola, chegam à cidade grande. Este é o ponto de partida para
várias situações, desde a luta entre o protagonista e a cobra feroz (personagem
antagônico), até o nascimento de seu filho em plena apresentação.
Benedito, Margarida e o publico estarão em constante comunicação, contribuindo para o desenlace das histórias. Dessa maneira são abordadas questões como imigração, diferença entre classes e a relação oprimido-opressor. Esses e outros temas compõem o espetáculo de forma alegre, poética e com muita música.
Serviço
Domingo é dia de teatro
Data: 26 de fevereiro.
Local: Teatro Eva Herz, Livraria Cultura
Shopping Iguatemi Brasília – Lago Norte
Sujeito à lotação do espaço, capacidade: 200 pessoas
Horário: 15h
Classificação: a partir de 4 anos

Exploração Discovery Kids chega hoje a Brasília!



Sabe aquele dia que você amanhece sem inspiração para programinhas com os pequenos? Para esses e outros dias existe o Discovery Kids, cheio de programações interessantes e interativas. Para hoje, por exemplo, a pedida é ir conhecer e se divertir na Exploração Discovery Kids. De hoje (25 de fevereiro) a 11 de março o Iguatemi Brasília abre as portas para diversão geral!

Exploração Discovery Kids é um evento interativo para toda a família. Nele as crianças brincam e aprendem com os personagens do canal. Para ser tornar um Explorador Discovery Kids, será preciso adquirir certas habilidades e conhecimentos, mas isso só será possível à medida que se completa as atividades e suas missões. Nesse percurso, as crianças contarão com a ajuda do Doki e seus amigos, que serão seus guias e as ajudarão a fortalecer os valores universais de cidadania.

Como existe a preocupação em oferecer um evento de qualidade e com total segurança, há que se pensar na capacidade de público, por isso a organização do evento disponibiliza um sistema para reserva de ingressos - quem não quiser ou não puder reservar, basta se dirigir à bilheteria eletrônica do evento, preencher seus dados e retirar o ingresso com hora marcada lá no shopping. Com o ingresso em mãos, você só precisa retornar 15 minutos antes do seu horário para se divertir com o Doki e seus amigos. Os ingressos (são limitados!) estarão disponíveis de domingo a sexta, a partir das 13h e aos sábados, a partir das 10h.


Você e seus filhos vão curtir, né!? ;-)

Serviço
Exploração Discovery Kids
Período: 25 de fevereiro a 11 de março de 2012
Local: Iguatemi Brasília (SHIN CA 4 Lote A - Lago Norte)
Horários: Domingo a sexta: 14h às 20h. Sábado: 10h30 às 20h
Mais informações e detalhes aqui.

Texto: Discovery Kids Brasil e Big Motherns Brasília
Foto: Divulgação

24 de fevereiro de 2012

Cinema pros Pais! Filme: Os Descendent​es

Imagem: Google

Hoje trazemos outra dica de cinema para o período pré-Oscar 2012.

Está em cartaz no cinema um filme estrelado por George Clooney intitulado Os Descendentes, candidato ao prêmio de melhor filme. Conta sobre uma família que se vê às voltas com a morte da mãe e todas as circunstâncias advindas deste acontecimento. O detalhe é que enquanto dura o estado vegetativo que anterior ao falecimento, um importante segredo é descoberto pelo pai.

Isso aí seria a lista de bons ingredientes para um belo drama, mas o filme além de ser uma gostosa comédia, se mostra excelente no quesito reflexão sobre relacionamento interpessoal e a influência do exemplo e da participação dos pais na vida dos filhos. Encontramos uma família completamente desnorteada que vai em busca de equilíbrio por meio da união e apoio mútuo.

Surpreende a todos a postura adotada pelo pai, pela filha adolescente de 17 anos e pela menina de 10 diante do desafio de viver e entender este luto. Antes o pai se mostrava bastante ausente, a adolescente não respeitava a autoridade de ninguém além de embriagar-se e viver causando confusões no internato onde estuda e a criança de 10 é desbocada e apronta todas. Imagina o horror que este homem viverá sozinho para administrar este “quadro” após a morte da mãe!

Todos passam por uma milagrosa, comovente e possível transformação. Nós, espectadores, aprendemos uma boa lição sobre a importância de cada membro da família na vida do outro e como isso impacta em suas vidas. A cena final é simples, pura, linda e boba, mas inesquecível.

A melhor atuação de George Clooney (engraçado, simpático, sensível, maduro, surpreendente) para sempre (tomara que Os Descendentes ainda esteja em cartaz na sua cidade, caso não esteja alugue o DVD, vá por mim!).

Filme recomendadíssimo pelas Big Motherns Brasília.


Maiara, mãe da Nicole

Resultado - Sorteio Cabelo Club

A grande vencedora do sorteio Cabelo Club desse mês foi a Reginete Dantas Guimarães.
Parabéns!

Em breve novos sorteios serão lançados... acompanhem!



Clique aqui para conferir a lista de inscritos.

Site da Sociedade Brasileira de Pediatria


Uma das maiores preocupações depois que nos tornamos mães é tentar acertar o máximo possível nos cuidados com os nossos pequenos. Então, quanto mais informações (de fontes confiáveis!) conseguirmos para nos ajudar a trilhar o caminho árduo e delicioso da maternidade, melhor! A Sociedade Brasileira de Pediatria mantém um site onde disponibiliza dicas e informações importantes para o bom acompanhamento dos nossos filhos, desde o pré-natal até a adolescência. São textos com orientações que abrangem desde a amamentação aos cuidados no transporte de crianças e bebês em aviôes. Vale a pena uma visita!

http://www.conversandocomopediatra.com.br/

Raquel, mãe da Laura

23 de fevereiro de 2012

Programação para sábado: encontro de gestantes e brechó das mamães


Encontro de gestantes Ishtar Brasília
Dia: Sábado, 25 de fevereiro
Hora: 10h
Local: Parque Olhos d' Água (Asa Norte SQN 214)
O que vai acontecer: encontro do grupo de apoio à gestante e ao parto ativo
Confirme sua participação: (61) 8160-7623 (Sabrina) ou (61) 8108-2161 (Sylvana) ou (61) 81437182 (Rafaela) e ainda pelo e-mail ishtarbrasilia@gmail.com

Brechó das Mamães
Dia: Sábado, 25 de fevereiroHora: de 14h às 17hLocal: Loja Kid´s Club (QI 13 Bloco E - Lago Sul - 3364-4386)
O que vai acontecer: brechó para você levar seus produtos infantis que não usa mais e comprar coisinhas infantis a um preço justo. As coisas devem ser USADAS para evitar problemas com fiscalização.
Caso queiram alugar um pranchão (1,90x0,80), entrem em contato com o Sergio: 9958-6688.

Coleta Seletiva de Lixo Eletrônico durante exposição Game On no CCBB

Computador pessoal sem uso, lap top antigo que não liga, baterias + carregador de bateria + celular que você nem tem mais, vídeo game que só acumula poeira guardado e ocupa espaço...
Tudo isso aí já foi novidade um dia mas hoje só entulha lixo em sua casa, não é? Pois vamos dar uma sugestão muito bacana e que as Big Motherns Brasília apoiam. Recebemos o anúncio de coleta seletiva de lixo eletrônico que ilustra a figura deste post e resolvemos divulgar no blog.
"Durante a exposição Game On no CCBB-DF, 27/01 a 26/02, ocorre a coleta seletiva de lixo eletrônico.
Aproveite o evento, seja ecologicamente responsável e desfrute momentos de lazer. Pontos de Coleta: CCBB e Agências do DF até 26/02."
São dois programas muito legais para a criançada, tanto a exposição sobre video-game quanto a coleta do lixo eletrônico e alertamos hoje aqui porque só estarão no CCBB até o próximo domingo, dia 26/02, hein?!...

Deixamos a dica. Pelo meio ambiente e pela nossa casa, por nossos filhos e por nós, por um mundo melhor!
Big Motherns Brasília

Relato de uma mãe de gêmeos - Síndrome de Crouzon

Já dissemos aqui inúmeras vezes o quanto nos agrada receber a colaboração dos nossos leitores, afinal, são a razão de existir desse blog.

Mas o relato recebido e que hoje transcrevemos, é mais que uma contribuição para o blog, é uma verdadeira LIÇÃO DE VIDA!

Leiam e vão entender o motivo...



Eu, Dona Bonequinha e Príncipe Encantado – Uma historia de superação.

Tudo começou no ano de 2008, logo após o meu casamento, em que eu e mais duas amigas combinamos de engravidar. Confesso que nunca fui daquelas mulheres que o sonho é ter filhos. Gostava de criar meus cachorros e isto me bastava. Casei-me com 32 anos, com um homem que namorava desde os meus 21 anos. Para sair da minha casa não foi um processo muito fácil. Adoro meus pais, nunca tive problemas de convivência com eles. Mas, relacionamento antigo, meus pais ficando velhos e com a saúde debilitada. Fiquei com medo de perdê-los antes de casar e consequentemente não lhe dar netos. Primeira lição que aprendi, case pelos motivos certos e mais, ainda tenha filhos pelos motivos certos. Bem, uma das amigas logo parou de tomar a cartela do anticoncepcional e ficou gravida. A outra descobriu cistos nos ovários. E eu treinando e nada. Os treinamentos eram muito espaçados e comecei a desconfiar que isto pudesse estar impedindo a gravidez.

Eu e meu esposo começamos a ficar ansiosos. Passou-se quase um ano quando decidi consultar um especialista em reprodução humana. Iniciamos os primeiros exames e para minha surpresa, eu estava com três cistos do tamanho de bolas de ping- pong. Não era ovário policístico, eram os meus óvulos amadurecendo dois ou três em um mês. O médico disse que iriam sumir com o tempo e que não precisava tomar remédio, mas a presença deles e a emissão de hormônios em excesso me fizeram adquirir um tumor no colo do útero. Foi marcado um exame para verificar se as trompas não estavam rompidas. Foi o exame mais constrangedor e doloroso que conheci. Não deu nada, tudo normal. Então comecei o tal do coito programado, ainda sem o Clomid, pois o médico achava que o problema estava nos intervalos dos treinamentos, mas que se eu não engravidasse seria por causa do tumor. Passou-se um mês, viajamos e nada. Fiz novo exame e o tumor já tinha triplicado de tamanho. Então, ele resolveu retirar. Comecei o novo mês fazendo o coito só que com a intenção oposta, para que pudemos retirar o tumor. Próximo do 14º dia fiz a transvaginal. O médico começou pelo esquerdo onde havia três folículos de 12 mm e dois folículos de 9 mm. Quando o médico passou para o lado direito falou “você já ovulou, aqui tem corpo lúteo, corre, vai atrás do seu marido, pra engravidar”. E eu com aquela cara de peroba que tenho disse: “já transei com ele hoje doutor, mas e o esquerdo?”. “Ah! Este vai regredir, não se preocupa a mulher só pode ovular de um ovário por mês”. Expliquei o tumor e ele me disse que não tentasse ter relação por uns dias para não correr o risco de engravidar.

Resumindo, só teoria. No dia 20/04/2009, ocorreu à fecundação daquele ovário direito, um menino lindo, de dois anos hoje, que aqui chamarei de Príncipe Encantado. No dia 27/04/2009, o óvulo esquerdo que teoricamente era para regredir, progrediu, numa linda menininha, de dois anos, que chamarei de Dona Bonequinha. E ai, começou a melhor aventura de minha vida e uma mudança de 720°. E o tumor? Acompanhou a gravidez de 36 semanas, onde saiu naturalmente com a renovação do útero feminino que milagrosamente, acontece todas as vezes que ficamos grávidas.

Foi uma gestação tranquila, só tive pressão alta a partir da 32º semana, logo após o uso do corticoide para o desenvolvimento dos pulmões dos bebes. Fiz cessaria, pois o meu porte físico (só tenho 1,54m de altura e sou magra) não iria aguentar mais que 36 semanas. Os bebes nasceram no dia 18/12/2009, no mesmo dia que o pai. As pessoas falam muito que o sonho de muitas delas é ter gêmeos, ainda mais um casal, me considero abençoada, mas elas não têm ideia do trabalho e das despesas. Para quem nunca tinha pegado num bebe, eu e meu marido tivemos que nos virar. A família quis ajudar e ajudaram. Mas, eu nunca fui uma mulher encostada e queria cuidar e fazer tudo com os meninos. Ai começaram os problemas, minha sogra queria fazer o papel de minha mãe, e eu não aceitei. Ela pôs pressão, meu marido não entendia que eu queria amamentar com tranquilidade, que eu queria dar o banho. Ela quase me enlouqueceu, entrei em depressão pós-parto sem ninguém perceber e só depois de muito tempo é que caiu a minha ficha de que eu estava deprimida. Aos três meses de idade, logo após as vacinas tetra e a pneumo, os meninos contraíram coqueluche. O Príncipe reagiu aos remédios, Bonequinha não. Ficou internada na UTI, com o pulmão todo tomado por uma infecção inexplicável, suspeita de H1N1 e uma leucocitose de 120,000. Foi entubada, teve parada cardiorrespiratória, infecção generalizada e já no final de sua estadia na UTI descobrimos a hidrocefalia. Para hidrocefalia foram levantadas várias suspeitas: algum problema na gravidez, superfetação e a Bonequinha teria diferença de idade com o Príncipe de um mês sendo mais nova de concepção, má nutrição fetal e a própria parada cardiorrespiratória.

O Príncipe? Fez o tratamento em casa e um revezamento entre avós e tias. E a mãe? Ele já nem sabia quem eu era. Isto foi uma das situações mais dolorosas que passei na vida. Mas, se fosse o inverso teria feito a mesma coisa por ele. Perdi neste período sete quilos, pois devido às medicações e o seu desmame, Bonequinha entrou em síndrome de abstinência. A síndrome de abstinência é a coisa mais horrível que eu já vi, ela me arranhava quando estava em crise, e só se acalmava no meu colo, portanto não tinha tempo nem de me alimentar e de ir ao banheiro. Ela não aceitava mais ninguém. Bonequinha foi para casa depois de 45 dias. Foi de home care, com sonda nasogastrica, com um diagnóstico de hidrocefalia, sem necessidade de cirurgia, utilizando drogas como Lorazepan e Metadona, tendo que ser estimulada, sem previsão de andar. Home care é um mal necessário, é uma invasão de gente na sua casa e na sua intimidade, e na sua grande maioria despreparados. A experiência minha e do marido com a UTI fez com que nós ensinássemos as técnicas que iam lá pra casa. Apesar da invasão e do tumulto que trouxe o home care, estava feliz, pois estava perto do Príncipe de novo e Bonequinha em casa longe daquele barulho da UTI. Com a síndrome de abstinência e o desmane da metadona, vieram os vômitos que chegavam a ser seis por dia. Bonequinha passou a ter esvaziamento gástrico lento, levava em média 4 horas para digerir um leite, e ela já não podia perder mais peso era um bebe de cinco meses e não pesava nem 4 quilos. Faze-la mamar era uma luta, ficava tentando de 20 em 20 minutos para ela tomar 150 ml, tudo para ela não ir para o equipo (aparelho usado para alimentar pela sonda).

Outra batalha foi a tosse da coqueluche que dura uns seis meses e Príncipe para cada episódio de tosse, roxeava e Bonequinha vomitava. Até hoje ela prende o espirro de tanto que eu gritava para chamar atenção dela e não vir o vomito. Então, todo dia naquela época, era assim, Príncipe roxeava e perdia o folego e Bonequinha vomitava. Foram inúmeras sessões de fisioterapia, Terapia ocupacional, fonoterapia (devido ao tubo ela desaprendeu a mamar, necessitava aprender, para ser retirada a sonda). Resumindo, Bonequinha ficou sete meses de sonda nasogástrica, e vômitos. Príncipe permaneceu tossindo, com crises fortes de bronquite asmática até retirarmos o leite e usarmos a homeopatia. O trabalho foi árduo e cansativo. Montei um quarto de estimulação precoce orientada pelas profissionais que trabalhavam em casa. Elas, junto com as professoras da educação precoce da escola publica do GDF foram uns anjos na vida de Bonequinha e de Príncipe também. A fisioterapeuta me ensinou a auscultar o peito dele para acompanhar as crises de bronquite asmática. Começamos a alimentação de Bonequinha e outro trabalho, mas depois de muita paciência minha, das técnicas, da babá e da fonoaudióloga começamos a ver progresso e finalmente podemos retirar a sonda. Com o tempo eliminamos o Lorazepan e a metadona e consequentemente o LOSEC e o Motillium.

E o meu marido? Devem estar pensando? Onde estava? Buscou a rota de fuga mais fácil e mais covarde de todas, os braços de outra mulher que não tinha problemas, que não reclamava, que não cheirava a vômito, que não dormia no chão de cansaço físico, que estava sempre a disposição dele. Não lembrou que tinha filhos, só a fulana. Eu fiquei decepcionada. Pensa que ele parou depois que eu descobri, não. Por volta, do mês de outubro de 2010, foi descoberta na sobrinha do marido uma síndrome chamada CROUZON. Doença em que os ossos da cabeça e do rosto não crescem. Foi aquela correria para verificar se uns dos meninos tinham. E adivinhem? Bonequinha é portadora. Devido ao Crouzon, ela adquiriu outra síndrome, chamada Arnold Chiari I, que atrapalha na mastigação, respiração e na parte motora. 

Hoje, muitos dos acontecimentos têm respostas. Crianças prematuras só devem sair da UTIn quando atingirem pelo menos 3 kg (os meus saíram com 2 kg), devem ser vacinados com vacina acelular pois elas tendem a ter reação, mas nenhum pediatra vai falar isso. A hidrocefalia veio do Chiari I que veio do Crouzon. Não foi problema nenhum na gestação. Bonequinha andou no tempo certo e não pulou nenhuma fase. Ela fez cirurgia para descompressão do cérebro no dia 20/06/2011 e a outra para reconstrução crânio facial em 02/08/2011. Bonequinha ainda tem um pequeno atraso global neuropsico, pois o motor ela faz tudo que uma criança da idade faz. Como saiu da síndrome de abstinência, ela não vomita mais. Não fala, mas por causa da má mastigação, mas já come pela boca. Não existe mais home care em minha casa. Príncipe tem um desenvolvimento normal. Ainda quando tosse vomita, mas não roxeia mais.

Bonequinha e Príncipe são as luzes que Deus me mandou. Agradeço todos os dias, porque tudo isso que aconteceu me fizeram tornar mãe de verdade e a ver e conhecer pessoas e problemas em que o meu da até vergonha de compartilhar de tão pequeno que é. Em relação ao marido, só largou a fulana depois da segunda cirurgia de Bonequinha porque apareceu outra. Eu prefiro não ver, desencantei, mas não quero ser mãe solteira e não quero meus filhos sem estrutura familiar. Hoje ele me ajuda nas tarefas da casa, mas nas atividades de Bonequinha (clinica, escolinha especial e creche) ele enrola e não faz. Graças a Bonequinha aprendi a ser mais maleável, prestativa, dona de casa de forno e fogão, a ser tolerante e a perdoar. Não me arrependo do que fiz pelos meus filhos. Ver a Bonequinha e o Príncipe correndo de um lado para o outro me deixa feliz e cada coisa que fazem por mais banal que possa parecer me deixa encantada.

Ainda não tenho tempo para mim, mas vou vivendo, dia após dia, sem reclamar. Por quê? Minha força vem da minha fé e de Bonequinha que com tão pouca idade já sofreu tanto e continua se superando e mostrando a que veio para este mundo. Além do mais, vejo tantas mãezinhas com problemas bem piores que não conseguem fazer exames e nem consultas, pois o nosso sistema de saúde é uma porcaria. Meus filhos tem uma boa equipe médica entre geneticistas, neuropediatra, neurocirurgião pediátrico, oftalmologista, otorrino, pediatra homeopático e pediatra alopático e os profissionais da escolinha especial e da clinica. Tive que aprender que preciso dos outros, infelizmente muitos que trabalharam em minha casa abusaram da situação em que estamos vivendo, com exceção da babá atual que é outro anjo na vida de meus filhos. A única coisa que me deixa em pânico é eles não comerem, e eles são ruinzinhos para se alimentar. E que mãe não fica preocupada? Se alguém souber uma receita, simpatia ou dica me avisem.

Obrigada pela oportunidade e a melhor lição que eu aprendi: Deus não dá um fardo maior do que nós não possamos carregar. Cabe a cada um de nós piorarmos ou não o fardo.










22 de fevereiro de 2012

Cinema pros pais! Filme: "A Separação" (candidato ao Oscar 2012)


Passado o feriado de carnaval começa o ano de verdade, né? Vamos deixar hoje uma sugestão de filme legal. A Separação é um dos concorrentes a melhor filme estrangeiro no Oscar deste ano e já venceu o Globo de Ouro. Vale a pena cada minuto! Não pense que vai assistir mais um daqueles filmes comerciais, água com açúcar ou melodramático ao extremo – porque o título sugeriria mesmo algo nesta linha. Mesmo porque como dissemos, o filme nem é americano, o que já pode levantar a suspeita ou olhar torto desconfiado de que vai ver um filme muito papo-cabeça. Mas insista.

O filme conta a história de um casal e já começa na audiência de divórcio, com discussão diante do Juiz sobre a razão que os leva à separação, pois ela quer sair do país em busca de melhorar as condições de vida e oportunidades para a filha enquanto que ele não quer ir embora, pois precisa ficar para cuidar do pai, que sofre de Alzheimer.

Quando eles decidem pela separação, a saída da mulher do lar requer providências imediatas em razão da necessidade de manter a rotina habitual na casa. E no meio de tudo isso, um senhor idoso que precisa de cuidados especiais e uma menina de 11 anos que de maneira surpreendente se mostra a pessoa mais sensata de todas em todo o tempo.

A ajuda de uma mulher que se propõe a trabalhar como doméstica se traduz numa série de problemas, confusões e brigas que parecem não ter fim. Ao final fica a ponderação de sempre sobre a importância da comunicação entre o casal para TODA a família. Bem como sobre papel da mulher e de que modo sua presença, ausência, equilíbrio e tranquilidade afetam todos os demais familiares.

Assistam, meninas! É interessantíssimo cada minuto de reflexão pós-filme a respeito dos temas que são vivenciados pela classe média deste Irã que não conhecemos. Filme muito bom, recomendamos!

Leia aqui crítica de Luis Nassif. Bom filme!

Maiara, mãe da Nicole

Resultado - Sorteio CMK Arte em E.V.A.


Adoramos e agradecemos a participação de todos nesse sorteio super especial em parceria com a CMK Arte em E.V.A.

E quem teve a sorte de levar para casa itens bacanérrimos para decorar a festa do filhote (ou da filhota) foi a Franci Bôto.

Parabéns!

Aguardamos seu retorno ao nosso contato.



Confira aqui a lista das inscrições recebidas.

Fotografando até embaixo d’água.



Fora raríssimas exceções de quem não curte, ser mãe = tirar MUITAS fotos dos filhos.

É tão gostosa a oportunidade de registrar cada momento do crescimento dos filhotes que, inclusive, cada dia cresce mais a quantidade de pessoas que, mesmo sem nenhuma pretensão profissional, opta por câmeras com mais recursos.

Há inclusive quem faça até curso para tirar fotos “caseiras” com melhor qualidade, aprendendo sobre iluminação, melhores ângulos e até mesmo lidar com os recursos disponíveis na câmera.

Bem, por mais que eu até tenha vontade de ter uma dessas, minha opção particular ainda é por uma compacta, pois a “grande mais legal” sei que acabarei ficando com preguiça de carregar, pois ocupa muito espaço, pode não caber na bolsa pequena que estou carregando, etc e tal.

O bom é que hoje, mesmo as mais compactas, estão cada dia melhores e com mais recursos.
A opção que me ganhou na minha última aquisição foi a que tira fotos inclusive embaixo d’água.

Para quem tem um filhote que ama piscina, mergulhar e o que mais envolva água, é tudo de bom.

Além de poder registrar momentos submersos, a gente pode, por exemplo, deixá-la na borda da piscina sem se preocupar se vai ou não respingar água em cima, ou seja, sem qualquer necessidade de cuidados excessivos (ótimo!)

Estou amando minha nova máquina e aproveitando bastante essa nova forma de fotografar.

Um abraço e bons cliques para vocês.

Amanda, mãe do Gustavo

P.S: Na época que comprei a minha, pesquisei alguns modelos (hoje o mercado já nos oferece algumas opções) e a que mais me agradou foi o da Sony TX10. #ficaadica (merchan gratuito para a Sony, rs).

Fotos de arquivo pessoal.
(reprodução autorizada mediante citação da fonte: http://www.bigmothernsbrasilia.com/2012/02/fotografando-ate-embaixo-dagua.html).

21 de fevereiro de 2012

Especial de Carnaval: FOLIÕES CANSADOS? VAMOS REPOR AS ENERGIAS, PORQUE HOJE É CARNAVAL!




Terça-feira de carnaval, feriadão terminando e a meninada cheia de energia para gastar. Completando a cena, nada de ajuda em casa, já que o feriado é para todos, então, o que fazer para ter refeições rápidas, saudáveis, gostosas e nutritivas? 

Carnaval, pra mim, rima com coisas descoladas e leves, por isso, minhas sugestões seguem esse conceito. Espero que gostem!


 
Café da manhã – que delicia começar o dia recuperando a energia! Além do pão com queijinho branco, do iogurte para reforçar as defesas intestinais, que tal caprichar no suco? As sugestões são de sucos que auxiliam nas câimbras e repõem bastante as energias para o último dia de bagunça!



1)      Suco de abacaxi com amoras – parece estranho? Garanto que as crianças vão adorar! E abacaxi é antioxidante, ajuda na digestão e é bem leve. Já a amora capricha nas vitaminas C e E, também sendo antioxidante e digestiva. 

2)      Suco de água de coco com morangos – O morango é indicado para ajudar na digestão e estimula todas as funções do metabolismo. Já a água de coco funciona como um isotônico natural e é plena de potássio. 

3)      Suco de melão, aveia e mel – o melão é o rei do potássio e tem muitas propriedades que auxiliam no funcionamento do sistema hepático. O mel entra como aliado para as defesas do organismo e a aveia, conhecida como um dos melhores alimentos que podemos ingerir, encerra o trio do sucesso. 

4)      Vitamina de banana, aveia, mel e nozes – saborosa e nutritiva, a banana é a rainha (já que o melão é o rei... rsrs) do potássio e também tem em sua composição a vitamina C, antioxidante poderoso. O toque das nozes, para redobrar as energias e ainda, de quebra, ajudar o coração a agüentar o ritmo. 


Lanche – a pedida é gelatina. Aliás, essa é a pedida para todos os feriados! Colorida, leve e super fácil de fazer. As crianças adoram e você pode incrementar com pedacinhos de frutas...hum. 



Almoço – Minha dica é buscar simplicidade! Hoje é feriado, dia de festa! Faça pratos únicos, como um arroz de forno ou aquela deliciosa macarronada! 




Lanche da tarde – antes de sair para a folia, que tal um suco de laranja com pão de queijo (aquele de saquinho ou um que você já tenha feito e congelado. Nada de sovar massa hoje, pelo amor de Deus!)? Ou então, um sanduíche leve de cream cheese com cenoura, por exemplo? 


Jantar – Depois da brincadeira, a pedida é uma sopinha, pois, além de repor os nutrientes, ela hidrata e acalma os pequenos. Canja, sopinha de legumes com macarrão ou de abóbora com carne...hum. Mas se você quer mesmo transformar a terça de carnaval em um dia inesquecível para os pequenos, que tal uma pizza? 




O carnaval acabou? Nada de tristeza! Faltam pouco mais de 300 dias para o próximo!

Abraços, Lucyanna (mãe de dois foliões exaustos! João Paulo e Gabriel) 


Para saber mais: www.todafruta.com.br

20 de fevereiro de 2012

Especial de Carnaval: Vem aí o tradicional Bailinho do Terraço!


Programação inclui shows, desfile de fantasias e muita brincadeira para a criançada

A diversão dos pequenos foliões está garantida com mais uma edição do Bailinho de Carnaval do Terraço. Esse ano, a folia acontece no dia 21 de fevereiro, terça-feira, a partir das 14h, com atividades na Praça das Palmeiras e na área externa do shopping, em frente à entrada principal.


Como já é tradição, haverá desfile de fantasias, brincadeiras, sorteio de brindes, oficinas (pintura no rosto, máscaras carnavalescas, colares e pulseiras havaianos), brinquedos, muito confete e serpentina! Os shows ficarão por parte da Galinha Pintadinha II Cover e uma atração surpresa que vai fazer a garotada requebrar ao som de músicas infantis e das famosas marchinhas de Carnaval.

Para maior comodidade de pais e foliões mirins, no dia do Bailinho, as operações de alimentação funcionarão das 12h às 22h.

É hora de começar a pensar na fantasia e se preparar para o Bailinho de Carnaval no Terraço!

Serviço
Bailinho de Carnaval do Terraço
Data: 21 de fevereiro de 2012
Horário: a partir das 14h
Local: Praça das Palmeiras e área externa
Classificação livre
* Entrada franca

Texto: Empório Comunicação / Assessoria de Imprensa do Terraço Shopping

Fotos: Divulgação

Especial de Carnaval: Quebra-Cab​eças da Galinha Pintadinha



Está sem saber o que fazer para garantir a diversão das crianças nestes dias em casa durante o feriado de Carnaval? Olha só um brinquedo que eles vão amar: Quebra-Cabeças da Galinha Pintadinha.

Quando pensamos que os clipes da famosa Có-Có já são alegria garantida o suficiente, eis que surgem novidades maravilhosas, interativas e inteligentes que também levam a marca da galinha mais famosa do Brasil.

O quebra-cabeças que ilustra este post é recomendado para crianças a partir de 02 anos e vem com jogos de 03, 06 e 09 peças. Os jogos trazem si os desenhos de personagens da Turma da Galinha Pintadinha e encantam à primeira vista.

Ah, e não subestime seu filho ou filha julgando que por terem apenas 02 aninhos ou idade aproximada não vão dar bola a este brinquedo. A alegria que a criança fica quando forma a imagem proposta pelo quebra-cabeça é contagiante, logo eles descobrem que ali está o desenho de alguém “bastante familiar”.

Por aqui há crianças que vibram e gritam “conseguiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!” quando conseguem encaixar uma peça no par, enquanto outras pedem que as mães montem o quebra-cabeças só para poderem ver logo-logo-logo-logo a figura da Galinha pintadinha e sua Turma, são momentos muito gostosos.


Opa, opa, e como já dissemos: essa é também uma dica legal para quem quer passar o tempo com as crianças mas não curte muito carnaval, hein? Produto recomendado pelas Big Motherns Brasília.

Maiara, mãe da Nicole

19 de fevereiro de 2012

Especial de Carnaval: IDENTIFICANDO OS PEQUENOS FOLIÕES



Para que a folia seja tranqüila, a criançada precisa estar bem identificada e, se possível, trazer os dados pessoais em mais de um local do corpo!

Além do tradicional crachá (que você mesma pode confeccionarcom um pequeno retângulo de cartolina e um barbante, onde constem os dados dacriança – nome e idade - e os seus –responsável e telefones para contato), é aconselhável que no bolso da roupa, ou até mesmo do lado de dentro da camiseta, haja outro crachá com as mesmas informações.

Este segundo identificador pode parecer exagero, mas lembre-se de que crianças são seres deliciosamente inquietos e que o risco de retirarem o crachá “visível” é grande!



Outra boa ideia é colocar um dos crachás em formato de pulseira de identificação. Além de mais confortável para a criança, a pulseira é mais difícil de ser arrancada.

No mais, a dica é que a quantidade de pessoas freqüentando o ambiente de festa deve ser diretamente proporcional à idade do pequeno folião. Assim, quanto menor o bebê, maior o risco de “sustos” e, portanto, melhor ir aos eventos menores, onde o controle dos pais será maior!

Feliz Carnaval 2012!

BMB

Especial de Carnaval – RIO DE JANEIRO, PAIXÃO PELO CARNAVAL







“É carnaval é a doce ilusão, é promessa de vida no meu coração...”

“Explode coração, na maior felicidade, é lindo o meu Salgueiro, contagiando e sacudindo essa cidade...”

E, claro,

“Cidade maravilhosa, cheia de encantos mil, cidade maravilhosa, coração do meu Brasil!”

Carnaval e Rio de Janeiro estão para a cultura popular como a areia está para o mar, o cantor para o violão e a tampa para a panela, não é mesmo?

Minhas origens não negam, o carnaval carioca não se resume ao que a televisão mostra. Na verdade, o desfile das escolas de samba pode ser comparado à ponta do iceberg. As escolas são agremiações que levam cultura, esporte, socialização e disciplina aos cidadãos, principalmente aquelas localizadas em bairros mais humildes.

As crianças das comunidades crescem sonhando em se tornar membro de destaque das escolas. Muitas desfilam nas alas mirins desde a tenra infância e trazem no sangue a paixão pelo samba!

Bola Preta arrastando multidões

Imediatamente após o término do carnaval, o tema para o próximo ano já é escolhido. E, então, começa a maratona ... só a escolha do samba, por exemplo, já é um evento que movimenta a agremiação por meses. Com disputas diretas, votação, aplausos, vaias e tudo o mais.

É verdade que existe um lado comercial, mas não fosse ele, certamente, as escolas de samba não conseguiram manter os projetos sociais que encabeçam e todos sairiam perdendo com isso. Afinal, que mal há em permitir que “simpatizantes” participem da festa e ajudem a porta-bandeira a defender o pavilhão da escola?

Por isso, respeito e tenho minha predileção pela águia portelense, mas, como eu disse no começo, que ninguém acredite que para pular carnaval no Rio é preciso ir ao sambódromo e desembolsar uma grana (assistir também é pago)!

Quem nunca ouviu falar nos lendários blocos de rua, como o tradicional Cacique de Ramos ou o impagável Cordão da Bola Preta? Arrastam verdadeiras multidões, são gratuitos e a diversão é 100% garantida.

Foto: Alexandre Macieira | Riotur

Agora, se a questão é evitar muvuca com as crianças, a pedida certa são as matinês nos clubes espalhados pela cidade! A criançada em segurança e mamães e papais pulando junto.

Eu passei a infância e parte da adolescência pulando carnaval em Cabo Frio, cidade da Região dos Lagos. Lá, a gente se fantasiava logo cedo e ia para a matinê. Quando saíamos a cidade já estava em festa. Todo mundo nas ruas, alguns fantasiados (os homens, invariavelmente, vestidos de mulher), outros não, mas era pura alegria!

Daquele tempo, saudades, o cheiro do churrasquinho e do salsichão que vendiam no clube e, claro, um ensinamento: a bagunça pode ser em família sim, porque, se há uma festa que é para todas as idades, ela se chama CARNAVAL!


Abraços, Lucyanna (mãe do João Paulo – super homem duas vezes – e do Gabriel – palhacinho e Batman)


18 de fevereiro de 2012

Especial de Carnaval - Cineminha com os Pequenos

Rá!
Quem acordou ontem ansiosa pela programação de cinema durante o feriado de Carnaval pōe o dedo aqui (hahahahhahaha, aqui a gente assume!).
Especialmente por causa dos filmes infantis que já estavam em cartaz.

Vamos ver o que tem disponivel?
Dentre os informados por meio do site Guia da Semana, escolhemos estes três:


ALVIN E OS ESQUILOS 3

O GATO DE BOTAS

A BELA E A FERA - 3D

Estãi aí boas opções pra quem quer fugir dos agitos, relaxar ou mesmo promover o début da criançada na sétima arte, porque é o hábito que faz o monge, né?


Criança que é ensinada desde cedo a ler, ir ao teatro, ouvir boa música e ir ao cinema, acostuma-se às boas coisas e absorver cultura jamais será um sacrifício (ao contrário, será um prazer!).
Então, é isso. Sala escura, tela grande, pipoca e suquinho, aí vamos nós! Bora fazer a folia do cineminha.

Bom filme!