31 de julho de 2012

Musicalização infantil para bebês em BSB



Já pensou em colocar seu filho para aulas de musicalização? Em Brasília temos vários lugares que oferecem música para os baixinhos.

A música possui enormes possibilidades para favorecer o bem-estar e o crescimento das potencialidades das crianças. Pesquisas indicam que a presença da música na educação auxilia a percepção, estimula a memória e a inteligência, relacionando-se ainda com habilidades lingüísticas e lógico-matemáticas ao desenvolver procedimentos que ajudam o educando a se reconhecer e a se orientar melhor no mundo. Leia mais no artigo aqui.

Para ajudar você a encontrar um lugar que oferece musicalização, compilamos esta lista. Ela não é exaustiva, então, se você souber de algum lugar que não esteja aqui, por favor entre em contato conosco para acrescentarmos (pode deixar um comentário nesse post ou escrever para o maesdebrasilia@gmail.com).

Academia Unique Family Fitness Club
Pacotes que incluem musicalização
Quadra 8, SIG
(61) 3343-2002

Amantéa
Além de musicalização, oferece baby class de dança
SHIN CA 03 lote 15, bloco D, loja 03 - Lago Norte
(61) 3468 4858 e 9818 4858
http://www.amanteacmd.com.br/

Boobambu
A musicalização para crianças na idade de 6 meses a 3 anos.
CLSW 303, Bloco C, Sudoeste
(61) 3041-6010 :: 9162-7797

BSB musical
Musicalização em várias unidades da escola

Espaço Arte
Musicalização infantil e para bebês
CLN 207 bloco A salas 207/208 Asa Norte
espacoartebrasilia@gmail.com 

Musicanto (307 Norte)
Musicalização Infantil de 0 a 3 anos e de 3 a 7 anos
CLN 108 bloco D sala 213, Asa Norte

Turminha da Música
Bebês a partir de 6 meses
CLSW 301, Bloco B, Sudoeste
(61) 3344 5486

UnB
Curso de Musicalização para Crianças de três meses a 6 anos
Universidade de Brasília, Departamento de Música, Asa Norte
(61) 3107 1087
listadeespera.mpc.unb@gmail.com

Toque de Classe 
Escola de música - crianças a partir de 45 dias até 7 anos de idade
Endereço: QI 23 do Lago Sul
(61) 3366-2020
nadja.mus.br ou nadjalopesmusicalizacao.com  

Vale a pena conferir também oficinas para bebês na Escola de Música, Asa Sul.

30 de julho de 2012

Brasil é tetracampeão em felicidade no mundo

Coisa boa é dar uma gargalhada, hein?   ;-))

No Blog Big Motherns um dos nossos lemas é sempre publicar coisas que elevem o astral e a auto-estima. Num mundo de tanta notícia ruim, relatos de choro e dores, pensamos que uma de nossas funções é justamente a de transmitir energia positiva para as mães/mulheres/pais/pessoas que nos acessam (e acreditam que vão encontrar aqui).

Criança se lambuzando de tinta

A pesquisa que segue reforça aquilo em que já acreditam pois dentre outras conclusões diz que para as mulheres que querem a maternidade (e lidam bem com essa ideia), ser mulher/mãe a eleva a um nível de felicidade maravilhoso!

Ter a companhia dos filhos quando a gente faz o que gosta

Para nós a felicidade é feita dos momentos pequenos e dos grandiosos, está no todo e nos detalhes, é mola propulsora e combustível para continuar seguindo.

Jantar romântico

Estar numa tarde melada de tinta, na companhia da família em nossas aventuras, numa piada engraçada, no jantar romântico, na alegria de curtir as crianças e em tantas outras coisas gostosas.

 
Curtir um dia de sol

Ficar muito feliz com a felicidade do outro

O que é que te faz feliz? Fala pra gente.
A matéria abaixo combina e muito com a nossa filosofia.
Don't worry, be happy!
:-))

O Brasil é tetracampeão em felicidade no ranking de uma pesquisa preparada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), em parceria com a consultoria Gallup, na qual a Síria aparece em último lugar. Elaborado com cerca de 200 mil pessoas em 158 países, o levantamento, realizado em 2011, buscou ficar a par da expectativa de felicidade das pessoas nos próximos cinco anos e também no presente. O Brasil vence nos dois.

Depois dos brasileiros, no quesito nações mais felizes aparecem Panamá, Costa Rica, Colômbia, Qatar, Suíça e Dinamarca. Segundo Marcelo Neri, economista da FGV, o termômetro da satisfação das pessoas com as suas vidas é um instrumento útil para a formulação de políticas públicas.

Um novo estudo, no mesmo estilo, agora sobre educação, está sendo montado e será divulgado dentro de três meses. O documento vai medir a expectativa das pessoas com a própria educação de cada país: “Gestores de políticas públicas e pesquisadores têm uma visão muito própria, é preciso ouvir as pessoas, saber por elas próprias o que estão esperando do futuro”, disse Neri.

Entre os brasileiros, a enquete constatou também que as mulheres são mais felizes que os homens, o que Neri atribui ao maior nível de educação conquistada por elas em anos recentes. De acordo com Neri, a educação traz felicidade porque se traduz em renda e, consequentemente, em uma vida melhor.

Numa escala de um a 10, as mulheres brasileiras tiveram uma média de felicidade de 8,98, contra 8,56 dos homens na expectativa de futuro, e de 6,73 contra 6,54 no presente. Neri mostrou que a partir de 1999, a média de educação feminina superou a masculina, hoje em uma relação de 7,37, mulheres, e 7,16, homens) e a renda por outras vias que não o trabalho, Bolsa Família, aposentadoria, teve um incremento muito maior na ala feminina.

Outra constatação da pesquisa é de que as mulheres solteiras são mais felizes que as casadas no mundo inteiro. Mas, o índice cai à medida que a mulher envelhece. As que têm filhos menores de 15 anos também são mais felizes do que as que não têm filhos.(das agências de notícias)


ENTENDA A NOTÍCIA
As melhoria econômicas e sociais pelas quais o Brasil passa ajudam a explicar tamanho otimismo da população. Na última década, por exemplo, a renda dos 50% mais pobres do Brasil cresceu 68%, enquanto a dos 10% mais ricos cresceu apenas 10%.

Fonte: Jornal O Povo


Beijos felizes, Maiara, mãe de Nicole e palhaça de plantão.

29 de julho de 2012

Primeiro passo: Ácido Fólico!

Essa vai para as gravidinhas ou para as que pretendem engravidar: a importância e necessidade do uso de ácido fólico antes e no início da gravidez - texto e imagem do Mundo Ela:


Camila Lataliza

Quase toda menina, quando pequena, acaba ganhando de presente bonecas. Parece que somos preparadas para o papel de mãe. E aquela brincadeira que parecia tão distante acaba se tornando um sonho possível com o passar dos anos. Mas do sonho a realização, muitas dúvidas aparecem. Afinal, qual o primeiro passo para realizar o sonho de ser mãe?
 
Bom, a melhor coisa a fazer, é procurar um médico que confie e marcar logo uma consulta. Uma boa dica é perguntar para as amigas que já passaram por esse experiência para ajudar na indicação.

Procure um obstetra que te passe segurança, pois na gravidez, muitas coisas acontecem, o obstetra acaba se tornando um amigo da gestante.

Na primeira consulta o médico deve pedir um monte de exames para ver como esta sua saúde. E para quem não conhece, o médico deve indicar o uso do ácido fólico cerca de 3 meses antes da gestação iniciar. Ele serve para proteção da malformação do feto. Alguns alimentos que consumimos como feijão, rúcula já possuem o ácido fólico, mas é necessário o uso em maior quantidade para que aumente a chance de um bebe sem problemas.

Então, se você pensa em ter um filho, não deixe de procurar alguém que você confie para o acompanhamento e peça a ele para orienta-la com o ácido fólico. Ter saúde é o primeiro passo para uma gestação feliz!

Camila Lataliza, jornalista e gastrônoma, mãe de primeira viagem da pequena Lorena, apaixonada, curiosa e aprendiz do universo mães e filhos quer aprender e compartilhar desse universo. Contato camilall2011@live.com

28 de julho de 2012

1ª Corrida Pão de Açúcar Kids - vamos?!

No dia 11 de agosto (sábado) vai acontecer uma prova muito divertida para crianças de 2 a 12 anos de idade, a 1ª Corrida Pão de Açúcar Kids, em Brasília. Muitos BMBs mirins já estão inscritos para participar desse momento de diversão e atividade física. Que tal inscrever seu(s) filho(s) e vir com a gente participar desse momento legal? Ainda dá tempo!


Data: 11/8/2012 (sábado)
Local: pista de atletismo do CIEF (Centro Interescolar de Educação Física)
Horário: 08:00
Endereço: SGAS 907/908
Inscrições: até 7 de agosto no site http://www.ativo.com/Eventos/MostraEvento.aspx?idEvento=5219
Valor individual: R$ 50,00

Categorias (Masculino e Feminino)
Nascidos em: Fraldinha 2010, Fraldinha 2009, 2008, 2007, 2006, 2005, 2004, 2003, 2002, 2001 e 2000.

27 de julho de 2012

Avó x profissional



Ser avó


Ser avó é sorrir com a traquinagem do netinho mesmo que seja apertando

um cachorrinho.



Ser avó é se permitir correr atrás do netinho mesmo que as pernas doam

um pouquinho.



Ser avó é dar biscoitinho mesmo sabendo que a hora do jantar se

aproxima.



É fazer pipoca...dar suco...fritar batata...tendo horror da gordura
que fica no ar.



Rir de qualquer coisinha que ele façam ou digam, brincar de rolar na

cama, ser mocinho ou bandido, colocar pela 10ª vez o mesmo filminho do

piu piu.












Ser profissional



É tudo ver e pensar...



É ler Freud sem cessar para tudo analisar...



É ser rigorosa como a Super Nany ...



Botar de castigo, botar para pensar



Se preocupar com a hora de acordar do cochilo para a filha poder

dormir até mais tarde.



É ter sempre em mente que a rotina é necessária para a construção do

ser de amanhã...



É aconselhar a procura de bons profissionais para tudo sanar.



Ser avó profissional é deixar tudo para lá, afinal vão crescer e só

sobrarão às lembranças da avó que dava pipoca, corria atrás do netinho

sendo a Cuca ou a Narizinho que colocava para dormir fazendo cafuné

cantando bem baixinho com a voz bem docinha para não o acordar.



Quanto ao Freud , que outro profissional cuide dele eu quero é ser avó

pura e simples sem com nada me preocupar, errar /acertar , cuidar/

proteger, e deixar a vida rolar!





Odnéa (vovó do João Paulo e do Gabriel, psicóloga e educadora)

26 de julho de 2012

Dica para quem tem criança: Circo Tihany


Olha só a sugestão legal que recebemos de Américo Almeida, pai dos gêmeos Lucas e Daniel.
Achamos tão interessante que queremos compartilhar com você também.


Dica para quem tem criança: fui com os gêmeos ao Circo Tihany, na Esplanada, ao lado do Teatro Nacional. Pense um circo sem animais que se modernizou, com muita tecnologia, preocupado em oferecer um grande espetáculo, com uma infra-estrutura que lembra a do Cirque de Soleil. Uma beleza. Os meninos ficaram quase sem piscar...

O espetáculo dura ao todo cerca de 2h15, com 20 minutos de intervalo. Vale demais a pena. Mesmo o ingresso mais barato permite boa visão e som perfeito. Fui de Platéia Lateral, que é bem perto da 'geral', e correu tudo bem. Claro, as lembrancinhas e os petiscos lá vendidos são um pouco caros, e vale levar água e algo para comer. Enfim, um programão!

Além do descritivo abaixo, vale checar as reportagens neste link e neste link.

 “O espetáculo apresentado no Brasil chama-se Abrakadabra e existe há mais de 50 anos.  Apesar da idade o circo se modernizou, mas continua com a magia do tradicional mundo circense. A equipe composta com artista de 25 países se divide entre palhaços, acrobatas, contorcionistas, malabaristas e ilusionistas.  A estrutura será montada em frente ao Teatro Nacional, na Esplanada dos Ministérios, onde permanece até 9 de setembro.”

Serviço:
Circo Tihany – Espetáculo “Abrakadabra”
Local: Esplanada dos ministérios, em frente ao teatro nacional – Brasília
Horário: De terça à sexta: 20h
Sábados: 16h30min e 20h
Domingos e feriados: 11h30min, 15h30min e 19h


Américo Almeida, pai de Lucas e Daniel Alonso de Almeida, gêmeos de 7 anos

26 de julho: Dia dos Avós

Avós

Seres abençoados que nos enchem de beijinhos, abraços e carinhos
Que nos compram aquele sorvete de morando, chocolate, creme, ou todos eles
Que nos deixam assistir tevê mais um pouquinho antes de fazer a lição de casa
Que se emocionam em nos ter por perto ou distante
Que vibram e choram com as nossas conquistas
Que voltam à infância com as nossas brincadeiras e descobertas

Seres abençoados que também nos amam incondicionalmente
Que se deixam levar por nossas histórias
Que guardam segredinhos
Que fazem bolinho de chuva

Seres abençoados que nos ensinam e aprendem conosco
Que nos deixam viver e descobrir
Que nos guardam e protegem
Que nos fazem sentir um amor forte, verdadeiro e em doses múltiplas

Avô e avó
Avós
Duas vezes pais e duas vezes mães
Simplesmente vô e vó

(Carol Braz)






A todas as avós e a todos os avôs, aqui representados por alguns dos nossos pequenos BMBs, o nosso muito obrigada.

Big Motherns Brasília

25 de julho de 2012

BMB no Circuito das Estações Adidas - Etapa Inverno

A palavra que para nós sintetiza com fidelidade a Corrida da Adidas, ou melhor, o Circuito das Estações - Etapa Inverno, que aconteceu dia 24 de junho de 2012 em Brasilia, é "superação", sem duvida. A mesma palavra que Lu volta e meia usa para falar do Projeto Desbarangar 2012.

Neste dia tivemos:
1) a estreia de Amanda correndo pra valer os seus 05km na primeira corrida oficialmente inscrita;

2) o desafio de aumentar o percurso de 05km para 10km (ufa!), para mim (Maiara) e para Polyanna;
3) a companhia de Caroline (beijocas lindona!!!) e de Jefferson (o marido de Poly seguindo seu exemplo e sempre dando aquela força bem-vinda com nossas fotos, hahhaha).

Superar-se não é simplesmente ir lá e fazer mais, "-ah tá, me superei, ponto...". É vencer os limites que a cabeça e o corpo impuseram, mas com respeito a si mesma, aos poucos, um dia apos o outro, na fé e certeza de que dá mesmo para chegar. 

Amanda completou o Circuito Lótus em maio fazendo caminhada com algumas mamães aqui do grupo [para sentir como era o clima das corridas que nós tanto falavamos (foi conferir se era isso tudo mesmo, rsrs!)]. Inevitavelmente, como acontece com todos os que vão na primeira corrida, foi mordida pelo bichinho dos circuitos, nhac nhac! E fez bonito demais na Adidas, viu,minha gente? 

Poly e Maiara (essa que vos escreve), chegamos a um ponto em que os 10Km pareciam um teste já possível de se passar sem vexame, aí estabelecemos a meta de pelo menos completar a prova só pra não fazer feio. E não é que completamos? Em um tempo razoavelmente bom e que nem acreditamos, porque é justamente o tempo liquido almejado pelos corredores de 10Km!

Poly, que cumpriu a sua segunda etapa do Circuito Adidas, veja as fotos:
Poly na Etapa Outono


Poly na Etapa Inverno

E euzinha, que em 2005 vivi o pesadelo de uma lombalgia com tratamento longo e cansativo, mas agora sinto o gostinho doce de completar 10Km.
Quem diria um dia?
Fala sério se a palavra de ordem definitivamente nao é mesmo "superação"?

Enfim, essa é a mensagem que queremos transmitir a você que nos acessa, seja homem ou mulher, mãe ou não. Estabeleça metas, estipule objetivos e vá em busca da concretização, especialmente se o que pretende vai trazer qualidade de vida. E enquanto caminha na direção do que tanto quer faça do trajeto pura diversão, admire a paisagem, curta a viagem.
 
Maiara, Fernanda (leitora, seguidora e parceira querida do blog) e Poly 
Do lado de cá estamos com nossos objetivos bem definidos e a próxima etapa é completar uma MARATONA, as mamães!
Não acredita? Em breve traremos mais novidades.

Beijos atléticos, Maiara, mãe de Nicole
(que também ja está inscrita em a sua primeira Corrida Kids)

24 de julho de 2012

Livre das fraldas

Ter um bebê em casa é uma delícia e acho que ninguém discorda disso, mas conforme o tempo passa e eles vão ficando mais “entendidos” das coisas, atividades simples passam a ser desgastantes para mãe e filho. A fralda para dormir é uma delas... ao menos aqui em casa era.

Explico: crianças maiores fazem, em geral, um volume grande de xixi e aqui não era raro minha pequena acordar molhada porque a fralda não aguentou. Principalmente quando acontecia os números 1 e 2 durante a noite.  

Quando o desfralde diurno já aconteceu há algum tempo, colocar a fralda pra dormir vira uma guerra. O ato de por a fralda simboliza que é hora de interromper o que esta fazendo e ir pra cama, mas se a brincadeira esta boa eles não querem parar.

Algumas crianças se condicionam que podem fazer xixi ou cocô por estarem de fralda e, simplesmente não deixam de usar a fralda da noite por mais tempo que o necessário. Isso acomoda pais e filhos e pode atrapalhar uma evolução da criança, pois ela depende dos pais tanto para estimular esse momento quanto para perceber caso ainda não esteja pronta.

O desfralde da minha mais velha foi meio difícil e até traumático. Como mãe de primeira viajem gostaria que ela fosse perfeita e acertasse sempre, mas não aconteceu bem assim e os episódios de xixi noturno vieram seguidos de cobrança que influenciaram o desfralde diurno. Ela começou a segurar o cocô por medo de não conseguir chegar ao banheiro e acabou ficando com as fezes ressecadas, quando não aguentava mais e tentava fazer sentia dor e prendia mais um pouco até ser necessário o uso de medicações. Hoje parte do problema se resolveu e ela já não prende tanto, mas ainda é bem ressecada e tenho que controlar a alimentação, a ingestão de líquidos e o tempo que demora entre um cocô e outro.

Para não errar novamente na segunda filha, decidi não impor tempo pra ela tirar a fralda ou me preocupar porque crianças menores já sabiam usar o peniquinho. Quando estávamos em casa eu a deixava sem fralda e pedia que avisasse caso desse vontade, mas não adiantava falar nada, pois era sempre na calcinha.

Numa visita à minha mãe, resolvi “ressuscitar” o troninho que havia comprado para a mais velha e estava la esquecido. Como num passe de mágica ela ia toda hora fazer um pouquinho de xixi e desde então foram raros os escapes .  Colocar fralda passou a ser uma afronta para ela.

Pouco mais de dois meses do desfralde diurno nos mudamos e na primeira semana na casa nova me vi numa situação meio complicada. Era noite e as fraldas acabaram, eu estava sozinha com as duas, sem carro e sem ideia de onde havia uma farmácia (a do comercio próximo estava fechada). Chamei “meu bebê” e conversei com ela sobre dormir sem fralda, pois já era uma moça. Avisei que deixaria uma luz acesa no banheiro e que se precisasse era só ir ou me chamar. Ela aceitou muito bem, ficou feliz por já ser “moxa” (na linguagem dela) e antes de deitar fez um xixizão. Apesar da animação, não acreditei que o colchão permanecesse seco, mas não tinha outra opção.


Na manhã seguinte já fui conferir e fiz uma super festa ao ver que ela havia conseguido, então aproveitei o momento para fazer o desfralde total. Toda noite lembrava que tinha que acordar caso a vontade viesse e a colocava no vaso antes de deitar (algumas vezes até já adormecendo). Nesses quase dois meses livre das fraldas foram apenas 03 “vazamentos” noturnos e um deles por esquecer de colocá-la no vaso um dia que chegou dormindo após um passeio.

A diferença que percebo entre elas pela minha postura???

Dessa vez tudo acontece de forma mais leve e natural para ambas. Nada de traumas ou cobranças por xixis inesperados durante uma brincadeira, afinal isso faz parte do crescimento dela e crescer deve ser gostoso, não sofrido.




Polyanna, mãe da Ágata e da Íris.

23 de julho de 2012

Algumas palavras sobre a nova Lei nº 12.653/12

Alguns assuntos podem não parecer ter relação com a maternidade, mas só quem já passou pelo sufoco de se ver com um filho nos braços doente, precisando de atendimento com urgência, e tendo que preencher formulários e cheques, pra entender a importância da nova lei que trata do assunto.
             
Um leitor do blog enviou um breve texto explicativo sobre a norma que criminaliza o condicionamento de atendimento médico-hospitalar de urgência à prestação de qualquer garantia de pagamento, tais como cheque-caução e nota promissória, que vale a pena conhecer. Afinal, nunca é demais estar ciente dos seus direitos!



A Lei nº 12.653, de 28 de maio de 2012, trouxe importante inovação para o Código Penal brasileiro: criminaliza o condicionamento de atendimento médico-hospitalar de urgência à prestação de qualquer garantia de pagamento, tais como cheque-caução e nota promissória.

A lei surge para inibir uma prática que se tornava cada vez mais constante no cotidiano da prestação de serviços médicos de emergência. Preocupados com o pagamento dos serviços, muitos hospitais exigiam que o paciente ou familiar prestasse garantia como condição para o atendimento emergencial.

Desde 2003 a Agência Nacional de Saúde, através da Resolução Normativa nº 44, proibia a exigência de qualquer garantia antes ou durante o atendimento médico. A proibição é mais ampla, na medida em que não está circunscrita ao atendimento médico-hospitalar emergencial.

No plano civil, por intermédio do instituto da coação, é possível anular a garantia prestada. Com algum esforço, dependendo das circunstâncias do caso, o estado de perigo e a lesão também podem trazer mais possibilidades de anulação da garantia. Mesmo assim, a tentativa de anulação da garantia é medida posterior, que exige recurso ao Judiciário e, portanto, pode trazer inúmeros inconvenientes para o interessado.

Mesmo com a Resolução da ANS e com a possibilidade de anular a garantia por incidência do Código Civil, a Lei nº 12.653/12 é determinante no sentido de conferir força plena à proibição, e talvez seja o instrumento que faltava para que a proibição se fizesse sentir na prática.


Quanto às consequências, a lei prevê pena de detenção de três meses a um ano, e multa. A pena é duplicada se da negativa de atendimento resulta lesão corporal de natureza grave, e triplicada se resulta a morte do paciente.

Aspecto importante foi a preocupação com a devida divulgação do teor da lei, ou seja, com o acesso ao direito. Os estabelecimentos de saúde que realizam atendimento médico-hospitalar de emergência ficam obrigados a afixar, em local visível, cartaz ou equivalente, com a seguinte informação: "Constitui crime a exigência de cheque-caução, de nota promissória ou de qualquer garantia, bem como do preenchimento prévio de formulários administrativos, como condição para o atendimento médico-hospitalar emergencial, nos termos do art. 135-A do Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal."

Enfim, a nova lei surge como um importante instrumento de defesa para o usuário do sistema privado de saúde. Agora, resta aplicá-la devidamente, pois lei sem aplicação prática é, no máximo, um pedaço de papel.

Adisson Taveira Rocha Leal
Bacharel em Direito pela Universidade Estadual da Paraíba, Especialista em Direito Civil e Empresarial pela Universidade Potiguar e em Ciências Jurídico-Políticas pela Universidade de Lisboa, mestre em Ciências Jurídico-Políticas pela Universidade de Lisboa,doutorando em Direito Civil pela Universidade de Lisboa, Professor Universitário, Advogado.




 
                                                             Post escrito por um leitor do blog.
                                                                   Obrigada por participar! :-)

22 de julho de 2012

TV nas férias?!

Se a presença da TV é inevitável na vida das crianças durante o período escolar, nas férias também não temos como evitá-la, afinal de contas ninguém pode ficar o tempo todo ao redor das crianças para distraí-las. Mas temos como transformar o período em frente a telinha em algo agradável e "saudável". 

Quem dispõe de canal fechado (também conhecido como "TV a cabo") acaba tendo mais  oportunidade de selecionar o conteúdo apresentado ao público infantil e a grande novidade da temporada é o Canal Gloob, com uma programação diversificada e desenhos inéditos, acabou conquistando os meninos aqui de casa. Além de resgatar o Sítio do Pica-Pau Amarelo, Popeye , Smurfs e He-Man, traz novidades como Vida de Galinha, Fish e Chip, Chaplin, Pequeno Grande Avô entre outros. Com a música "Gloob é nosso Mundo" (já decorada e cantada), seguem clipes originais sobre o universo infantil. O mais importante, VIOLÊNCIA ZERO, embora o controle remoto as vezes fuja em disparada para desenhos do Cartoon Network, dá para perceber que a novidade e episódios sem repetição tem prevalecido na escolha das próprias crianças.


Ainda  neste universo temos o Discovery Kids (só que a repetição constante e falta de variação na programação tem afastado os antigos fãs); no Disney Junior a Casa do Mickey Mouse ainda diverte com seus personagens consagrados; no Disney Chanel as sessões de cinema às 20h trazem produções clássicas; o Nickelodeon, já apresenta uma programação mista atingindo o público pré-adolescente; o Cartoon Network apesar da constante campanha contra o Bulling tem basicamente desenhos com cenas violentas e dificulta o acordo quando existem crianças com diferentes faixas etárias em casa; no Disney XD temos a dupla Fhineas e Ferb que concorrem com alguns desenhos violentos e tem comerciais que não são orientados à faixa etária do desenho que está sendo apresentado, o Boomerang tem uma programação pouco atrativa com "enlatados" que abordam basicamente o modo de vida americano; nossa versão tupiniquim é a TV  Rá Tim Bum, com destaque para a Turma do Quintal e Cocoricó.

Lembrando que todos os canais têm jogos e brincadeiras em seus sites e que as vezes deixar a criança fazer a escolha do canal é uma forma de verificarmos com que linguagem exatamente ela está se identificando, e daí como pais, podemos interferir e orientar o porque de determinado desenho ser adequado ou não pela mensagem que ele transmite.

Leia mais em http://brasiliadivertida.blogspot.com/#ixzz20PsFlsmB


Colaboração da Valquíria, do blog Brasília Divertida


Obrigada por colaborar! :-)

21 de julho de 2012

Agenda Cultural Infantil de Brasília: 21 e 22 de julho

CONFIRA EM DICAS DE FÉRIAS EVENTOS ESPECIAIS NOS SHOPPINGS DA CIDADE E MUITO MAIS!

Espetáculo Infantil: "O dia do pode e não pode", com Cia. Jorge Crespo
Data: 21
Local: Espaço Cultural Bagagem (Quadra 40 loja 16 Setor Central)
Horário: 17h
Entrada: Franca
Esta peça com bonecos e objetos animados passeia pelas principais questões que fazem parte do universo infantil. Trata dos limites do que “pode” e do que “não pode”, com suas consequências negativas e positivas. Os personagens levam a platéia a refletir, enquanto se divertem com as hilariantes confusões provocadas pelos dois personagens principais.

Espetáculo Infantil: "Coração Leal"
Data: 21 e 22
Local: Espaço Brasil 21 Cultura (Brasília, Setor Hoteleiro Sul, ao lado da Torre de TV, no complexo de prédios do Hotel Meliá Brasil 21)
Horário: SÁBADOS e DOMINGOS sempre às 17h
Entrada: Meia entrada R$ 15 (imprima e apresente o folder do espetáculo OU leve 1kg de alimento não perecível E PAGUE MEIA ENTRADA)
Vendas: Bilheteria do Espaço Brasil 21 Cultural (fone: 3039-9296) ou no site www.ingressorapido.com.br
Vendas Antecipadas: na Central de Ingressos do Brasília Shopping (que funciona de 2ª a 6ª feira das 10h às 22h)
Nina é uma criança curiosa que se encontra em um lugar misterioso. Neste lugar, ela vivencia situações que a levam a compreender duas verdades: nem tudo é o que aparenta ser e que os nossos sonhos devem nos guiar, porem, sem transformarem-se em fontes de frustração.



 
Musical Infantil: "Menininha", com JLM Produções Artísticas– RJ
Data: 22/07
Local: Teatro Sesc Garagem – 913 Sul
Horário: 17h
Entre canções para infância de Vinicius de Moraes, Toquinho e Chico Buarque uma menina e sua boneca vivem o ciclo de crescimento da “menininha” e sua “mãe” também menina. Com Laura Castro e participação de Marta Nobrega.


Hora Animada: "Palhaço Bené", com Cia. Dukontra
Data: 22
Local: Boulevard Shopping - Asa Norte
Horário:17h
Entrada: Franca
O atrapalhado palhaço Bené, diverte os pequenos com truques e brincadeiras divertidas escondidas em sua mala. Agora, ele tem a companhia da Lelé, uma louca palhaça que não para de dançar, driblando todas as trapalhadas com a ajuda do público em um divertido jogo cômico, onde coisas incríveis irão acontecer.

Canto do Conto: "Contos e Lendas da Cultrua Africana ", com Cia. Burlesca
Data: 21
Local: Loja Fnac - Parkshopping
Horário: 16h
Entrada: Franca
Com um humor ingênuo, escrachado e inteligente, a Companhia Burlesca utiliza as linguagens da música ao vivo, da tradição oral, do teatro de animação, das pantomimas e a linguagem clownesca, para narrar contos, cordéis, lendas, parlendas e histórias de todos os estilos e originárias de todos os continentes.

Espetáculo Infantil: "Rabequinha Toca Mozart"

Data: 22
Local: Loja Fnac - Parkshopping
Horário: 16h
Entrada: Franca
O Palhaço Rabequinha, excelente músico, porém muito atrapalhado, diverte o público tocando vários instrumentos. Em vários números ele mostra como a música de Mozart ainda está no imaginário popular mesmo depois de dois séculos, rompendo a preconceituosa barreira entre popular e erudito.


Teatro Infantil: "João e Maria!, com Cia. Teatral Néia e Nando
Data: 21 e 22
Local: Teatro Brasília Shopping
Horário: 15h e 17h
Entrada: R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia) e R$12,00 (+ BSB Kids e Sócios do Clubinho Néia e Nando).
O espetáculo é inspirado na conhecida fábula de “João e Maria”, onde dois irmãos ao descobrir que a madrasta tinha um plano para abandoná-los na floresta decidem fugir de casa e marcam o caminho com migalhas de pão. Porém os passarinhos comem essa trilha e as crianças se vêem perdidas na floresta. Logo eles avistam uma casa toda feita de doces e muitas surpresas.

Domingo no Pátio: "O Amigo Imaginário ", com Cia. de Teatro Bando das Artes
Data: 22
Local: Shopping Pátio Brasill
Horário: 12 às 18h
Entrada: Franca
A peça é sobre Nara, uma menina solitária, que toda tarde serve um chá para os amigos imaginários que ela faz com as roupas dos pais. Mas um deles, Aurélio, cria vida e ensina a garota grandes lições de amor e amizade.

Teatro Infantil: "Toy Story ", com Cia. Néia e Nando
Data: 21-22
Local: Teatro Escola Parque (307 Sul)
Horário: 17h
Entrada: R$30,00 (inteira) e 15,00 (meia)
Toda a história é protagonizada pelos toys da criança, que temem a substituição por brinquedos mais modernos. E é exatamente isso o que acontece. O Xerife Woody, um boneco antiquado de um cowboy do Velho Oeste e o preferido de Andy, é substituído por Buzz Lightyear, um astronauta do espaço. A partir daí começa uma grande aventura.

Domingo é dia de Teatro "Baile da Macarena", com Doutoras Música e Riso
Data: 22
Local: Teatro Eva Herz - Iguatemi Brasília
Horário: 15h
Entrada: Franca (mediante retirada de ingresso no Concierge a partir das 12h)
As doutoras Cenoira, Valentina e Abigail prepararam uma atrapalhada palestra musical sobre a higienização das mãos. Com o famoso número da Macarena, elas vão ensinar esse procedimento importante e muito divertido




Teatro Infantil: "Pedro e o Lobo", com Cia. Titeritar
Data: 22
Local: Praça das Palmeiras - Terraço Shopping
Horário: 17h
Entrada: Franca




"Angelina a Bailarina", com Cia. Néia e Nando

Data: 21
Local: Alameda Shopping
Horário: 16h
Entrada: Franca
Angelina é uma Ratinha que não desiste de seu sonho de dançar balé e se diverte em meio a diferentes ritmos musicais. A professora Rudy, quer montar um espetáculo de dança onde Angelina e seus amigos terão que trabalhar juntos para concretiza-lo. Com sua melhor amiga Vivi e seus amigos, Pititi, Patata e Tico terão que dividir as tarefas para no final conseguir realizar um grande espetáculo.


Contação de História: "O Sapo dentro do Saco", com Cia. Matrakberta
Data: 22
Local: Alameda Shopping
Horário: 16h
A história de um sapo que foi capturado por meninos danados, malcriados e levados da breca, mas esse sapo era muito esperto e numa seqüência engraçada ele vai enganando os meninos até conseguir o que quer... A tão sonhada liberdade!
 

CIRCO TIHANY ESPECTACULAR

Local: Esplanada dos Ministérios - ao lado do Teatro Nacional
Terça a quinta: 20h30
Sexta e sábado: 16h30 e 20h30
Domingo: 11h30, 15h30 e 19h00
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: LIVRE
Crianças até 1 ano não pagam, desde que fiquem no colo do responsável
Crianças de 1 a 12 anos, pagam meia-entrada
Idosos acima de 60 anos pagam meia
Estudantes (acima de 12 anos) do ensino fundamental, médio e superior pagam meia entrada, mediante apresentação de documento comprobatório no ato da compra e no acesso ao Espetáculo.
Bilheteria local: de terça à domingo, das 10h até início do último espetáculo. AQUI



BIFF "FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DE BRASÍLIA"

Data: 13 a 22
A capital federal promove a primeira edição do Brasília International Film Festival (BIFF). A cidade está acolhendo diretores de países como Macedônia, Emirados Árabes, Chile, EUA, Colômbia e Inglaterra. A Mostra Competitiva inclui 12 títulos inéditos em Brasília.

Fonte: Brasilia Divertida